Angola

  • Aproveitamento Hidroeléctrico do Biópio
  • Aproveitamento Hidroeléctrico de Cambambe
  • Aproveitamento Hidroeléctrico da Matala

Aproveitamento Hidroeléctrico do Biópio

Descrição

O Aproveitamento Hidroelétrico do Biópio, cuja construção foi concluída em 1956, situa-se no rio Catumbela, na Província de Benguela, em Angola, é constituído, no essencial pelas seguintes componentes: i) barragem, com 20 m de altura máxima acima das fundações e com 178,5 m de desenvolvimento no coroamento, composta por uma estrutura de gravidade linear, em betão, formada por 7 blocos descarregadores munidos de comportas basculantes automáticas hidraulicamente comandadas e por um bloco onde está instalada a descarga de fundo; ii) um circuito hidráulico, constituído por uma tomada de água, uma galeria em pressão com 5 m de diâmetro e 677 m de comprimento, uma chaminé de equilíbrio, duas condutas forçadas metálicas com 3,5 m de diâmetro e com 35 m de comprimento (cujas comportas são comandadas a partir de uma torre de manobra adjacente à chaminé de equilíbrio) e dois coletores metálicos com 2 m de diâmetro e 21 m de comprimento que alimentam os 4 grupos geradores instalados na central hidroelétrica.

Actividades

  • Inspeção ao aproveitamento em 2002 e elaboração do respetivo relatório;
  • Elaboração do relatório de reformulação do sistema de observação;
  • Coordenação da instalação do sistema de observação do aproveitamento, e elaboração do respetivo relatório;
  • Instalação em 2006 do programa SACODA (Safety Control of Dams), para tratamento e análise dos dados recolhidos no sistema de observação do aproveitamento, e formação da equipa de observação da ENE responsável pela sua utilização;
  • Inspeções ao aproveitamento e ao sistema de observação nos anos de 2008, 2009, 2011, 2012 e 2013 e elaboração dos respectivos relatórios;
  • Formação “on the job” da equipa de observação da ENE (Empresa Nacional de Eletricidade) responsável pela exploração do sistema de observação do aproveitamento;
  • Colaboração com a empresa SGSonsult no processo de reabilitação do Aproveitamento, que inclui uma visita em 2009, a elaboração de um relatório sobre as medidas de emergência a adotar e um relatório de comportamento;
  • Colaboração com a empresa SGSonsult no processo de concurso para a reabilitação e modernização do aproveitamento.

Aproveitamento Hidroeléctrico de Cambambe

Descrição

O Aproveitamento Hidroelétrico de Cambambe, cuja construção da 1ª fase foi concluída em 1962, situa-se no rio Kuanza, na Província do Kuanza Norte, em Angola, é constituído por uma abóbada simétrica, com cerca de 68 m, e órgãos hidráulicos anexos e uma central.

Actividades

  • Inspeção ao aproveitamento em 2002 e elaboração do respetivo relatório;
  • Elaboração do relatório de reformulação do sistema de observação;
  • Coordenação da instalação do sistema de observação do aproveitamento, e elaboração do respetivo relatório;
  • Inspeções ao aproveitamento e ao sistema de observação nos anos de 2008, 2009, 2011, 2012 e 2013 e elaboração dos respectivos relatórios;
  • Formação “on the job” da equipa de observação da PRODEL-EP (Produção de Energia Eléctrica) responsável pela exploração do sistema de observação do aproveitamento;
  • Instalação em 2006 do programa SACODA (Safety Control of Dams), para tratamento e análise dos dados recolhidos no sistema de observação do aproveitamento, e formação da equipa de observação da PRODEL-EP responsável pela sua utilização.
  • Assessoria à empresa Angolana Linha Terra no controle do primeiro enchimento da albufeira após o alteamento.
  • Actualização, em Janeiro de 2017, do programa SACODA (para a versão 7.0) e instalação da primeira versão do programa SACODA PDA, aplicação desenvolvida para dispositivos PDA, para recolha dos dados em obra, bem como, uma introdução expedita desses mesmos dados no sistema de gestão de dados da observação e que é gerido pelo sistema de informação SACODA 7.0, e formação dos técnicos da PRODEL-EP responsáveis pela sua utilização.
  • Inspeção ao aproveitamento e ao sistema de observação em 2017 e elaboração do respetivo relatório;
  • Consultoria desde 2016 à PRODEL-EP na manutenção do sistema de informação SACODA.

Aproveitamento Hidroeléctrico da Matala

Descrição

O Aproveitamento Hidroelétrico da Matala, cuja entrada em exploração ocorreu no final dos anos 50, situa-se no rio Cunene, na Província da Huíla, em Angola, é constituído por uma estrutura linear em betão, do tipo gravidade, com cerca de 16 m de altura e 1035 m de desenvolvimento no coroamento e uma central.

Actividades

  • Inspeção ao aproveitamento em 2002 e elaboração do respetivo relatório.
  • Elaboração do relatório de reformulação do sistema de observação.